Direto do blog Escola em Ação

O Programa Escola em Ação iniciou 2011 com muitos desafios. Nas comunidades onde as ações são executadas muitas crianças, adolescentes e jovens são privados diariamente de oportunidades fundamentais para que se desenvolvam de forma saudável.

Em cenários onde comunidades inteiras convivem com todo tipo de violência e violação de direitos, o Programa busca criar possibilidades para que cada pessoa sinta-se capaz de construir uma nova história, não só para si, mas também para os que estão a sua volta.

Uma das estratégias utilizadas pelo Programa para romper com o ciclo de violência é o Projeto Abrindo Espaços. Esta ação constrói pontes entre quem quer ajudar e quem precisa de apoio.

Assim, o Programa reuniu no Colégio Municipal Balneário Lagomar, umas das escolas que faz parte do projeto, 18 voluntários que vão atuar de forma integrada em 4 escolas do município de Macaé para retomada do planejamento realizado em dezembro de 2010. Estes voluntários vão realizar atividades de futsal, hoquéi, capoeira, judô, jiu-jitsu, balé, artes manuais, entre outros.

Um exemplo de superação é a do voluntário, do colégio Eraldo Mussi, Renato de Araújo Marques, cadeirante, morador do bairro Malvinas, que vem rompendo com as dificuldades de sua deficiência, demonstrando que todos de alguma forma podem contribuir para mudar realidades marcadas pela vulnerabilidade. Renato chega ao projeto para ensinar a confecção de artesanato, por meio de materiais recicláveis e integrar um grupo de geração de renda que começa a se organizar.

E, por fim, seguindo as palavras da mobilizadora local Ana Lucia, a cada atividade realizada pelo Projeto Abrindo Espaços, mais crianças, adolescentes e jovens tem a possibilidade de no momento presente construírem um projeto de vida longe da violência.

Anúncios