O projeto Face to Facebook, dos italianos Paolo Cirio e Alessandro Ludovico, tem como objetivo falar das consequências na vida real de se colocar dados pessoais em redes sociais.

Para tanto os artistas coletaram dados públicos de mais de 1 milhão de usuários do Facebook. Feito isso selecionaram os perfis de solteiros que possuiam fotos sorrindo por meio de um algoritimo de reconhecimento facial. Este mesmo programa subdividiu os perfis em categorias retornando um total de 250 mil fotos ‘sorridentes’.

O próximo passo foi criar uma site de encontros – o Lovely Faces – no qual eles importaram os 250 mil perfis antes trabalhados. Atualmente o Lovely Faces está fora do ar devido ao pedido dos advogados do Facebook, que ainda solicitam que todo o conteúdo do site Face to Facebook seja retirado do ar. Além disso o departamento legal do Facebook está afirmando que o domínio Face to Facebook está violando as regras da marca do Facebook.

O que os artistas questionam é porque uma corporação global qurem que todo o conteúdo do projeto seja retirado do ar, sendo que o site está apenas documentando o projeto com alguns textos e informativos. Saiba mais no Face to Facebook (em inglês).

Anúncios